27 março 2011

Trumps - Dirty Dancing "Time of my life"

Ontem fui jantar a casa da minha cunhada. A irmã mais velha do Gonçalo. Quando lá cheguei fui recebido com um beijo na boca e com um copo de martini branco. O Gonçalo veio me abrir a porta e depois voltou para a cozinha, para concluir o jantar.

Quando ele me abriu a porta, que fabuloso ver, que a minha roupa lhe serve na perfeição. Sentei-me no sofá da sala, a saborear o meu martini, enquanto na cozinha estava a Sandra e o Gonçalo. O Pedro estava acabar de dar banho à criança.

Mais tarde, chegaram os meus sogros e a minha outra cunhada com o namorado. Assim que a minha sogra entra na cozinha, comenta:
Sogra: - Gonçalo! Roupa nova? Foste às compras com o Francisco e não convidas-te a mãe?

Gonçalo: - Ontem dormi em casa do Francisco, e esta manhã vesti a roupa dele.

Cunhada do meio: - Olha a tua sorte! Roupa em duplicado, é bom. Em tempo de crise...

Surgiu um ambiente muito giro. O jantar estava divinal. Depois do jantar, ainda joguei "Krapô" (jogo de cartas, tipo paciência). A minha sogra adora jogar cartas. Sogra: - É verdade que estão a pensar ir viver juntos?

Francisco: - Só falámos por hipótese. Como seria? O Gonçalo ainda está acabar o curso. Não tem dinheiro para sustentar uma casa...

Sogra: - Isso que não seja tema de preocupação, se tiverem que dar esse passo. Francisco: - Não quero dinheiro, se o Gonçalo for viver comigo...

Sogra: - Francisco! O Gonçalo está a terminar o curso de farmácia. Porque nós temos uma farmácia, que já vem do tempo dos meus pais. O Gonçalo tirou o curso por gosto porque desde criança que adorava ir comigo para a farmácia. Se o problema é esse, o Gonçalo começa já a trabalhar em Abril e com um bom ordenado.

Já dizia uma grande amiga minha, a Alexandra: - " Tu sabes os escolher. Tens uma apontaria para gajos com dinheiro ou de sangue azul. Creio que só serás feliz com um médico, um juiz ou um gajo com uma fortuna de familia.
Depois do jantar, combinámos ir ao Trump´s com os amigos dele e com Joseph e o novo namorado. Impressionante a quantidade de gajos que olham descaradamente para dois gajos comprometidos. Creio, que no mundo gay: Se uma pessoa for comprometida, é mais desejada e mais cobiçada... A meio da noite, o Gonçalo foi à casa de banho mijar. Fiquei algum tempo sozinhos, vieram os amigos dele e inclusivé o Joseph: - Onde está o Gonçalo? Francisco: - Foi à casa de banho mihar... Resposta imediata: - Sózinho! Não foste com ele?

Hello! Estou na pista, é porque não fui com ele. Ainda não tenho a capacidade de me dividir em dois. E, o rapaz já é grandinho, não precisa que eu o vá colocar a mijar. Que falta de confiança no outro. Creio que a maioria das pessoas ciumentas, são as principais traidoras na relação ou então pensam que o companheiro é um leviano, que vai com tudo o que mexe.

O Gonçalo, quando surgiu ao pé de nós. Trazia uma bebida para mim. Deu-me um beijo e disse-me: - Gosto muito de ti, vamos para casa fazer amor? A noite no trump´s acabou assim que terminámos a bebida...

4 comentários:

pedro a. disse...

"Tens uma apontaria para gajos com dinheiro ou de sangue azul." ahahah
a vossa novela é deliciosa, quando leio fico sempre com um riso parvo de contentamento na cara. Boa sorte para os dois! fico à espera dos próximos capítulos.

pinguim disse...

A sorte não se compra, conquista-se...

Francisco disse...

Bem vindo Pedro A.

Abraço

Francisco disse...

Verdade amigo Pinguim,

Creio que a sorte, a lua, o destino, coincidência, o que quer que seja... estiveram do nosso lado

Abraço amigo