29 setembro 2016

Praxes versus a Geração dos 540 euros - Xutos & Pontapes "Sou bom"

O moço anda pelas ruas de Lisboa, mais concretamente pela Avenida da República e da Liberdade... Coração de Lisboa...
Enquanto vagueia nas horas de almoço ou na hora de saída, lá estão os jovens de vestes pretas (Caso do Meco já foi passado), a gritaram e a darem palavras de ordem aos novos recrutas da Universidade. Não tem voz para irem à tropa (os pais não deixam), mas tem voz para gritarem que são muita bons (as mãmãs e os papás é só orgulho neles) ... Palmas para a próxima Geração dos 540 euros... Dentro em breve, lá estarão a caminho de um call center para começarem a receber os 530 euros de Ordenado Mínimo... Não esquecer votar na Esquerda Nacional que não paga IMI e que rouba palacetes a privados para fazerem Sedes de Partido...

O pessoal que mal afamou o jovem por este ter votado na Direita... Quer dizer alguma coisa?! O moço é todo ouvidos...

28 setembro 2016

Cher "I Walk Alone"

Aos poucos o rapaz vai conhecendo este e aquele. Alguns que são sérias à primeira vista, mas que tem perfil de engate em tudo o que é plataforma gay. Nem o facebook escapa... Que putedo Sr. Alfredo... Se as putas de Lisboa fossem flores, Lisboa seria um jardim... Bem grande Sr. Alfredo...

Alguns mostram-se interessados em fazer parceria, ou seja, irem acompanhados pelo moço e ganhar umas tiras de jornal... Já dizia a avó do amigo Francisco e as outras avós: - Meias são para os sapatos...

Houve um gajo que foi com o moço a casa de um gajo que dava algumas tiras de jornal pelos dois.... Acabaram a foda, o moço foi à casa de banho, quando voltou reparou que o parceiro das fodas estava a trocar o contacto com o cliente. Onde será que eu já vi este filme?!

O moço coloca o envelope em cima da mesa de cabeceira e adormece com o pensamento...

Tudo lucro,
Sem o gajo... Não teria ganho este extra. porque não teria carro para ir até lá... E, o pagante não era nada de especial. Nem broches sabia fazer... Não admira que alguns tenham de pagar para terem alguém...

Next... Amanhã é outro dia... Foda dada, foda esquecida

"To Be Continued..."

25 setembro 2016

Onde está o Amor/ Perdão e a Compaixão no Corão?!

Esta é a mentalidade do Povo Muçulmano no seu próprio país contra um Cristão

Um escritor Jordano sendo Cristão e tendo usado a Ironia e a Piada foi acusado por ofender o Corão. Não se pode dizer nada em relação aos Muçulmanos. Eles são mais Iluminados que os Iluminatti e mais protegidos pelo Profeta Maomé que todos os Judeus...

Pobre Isah, é Jesus no Corão e é falado neste 8 tópicos. Sabiam disto?!

1) O Alcorão reconhece que Jesus nasceu de uma mulher virgem, enquanto Maomé não (a tradição islâmica conhece bem os pais de Maomé, Abdulá e Amina).

2) O Alcorão reconhece que Jesus não pecou, não tinha pecado nele, enquanto reconhece que Maomé era um pecador.

3) No Alcorão, Jesus é chamado de ‘Messias’, isto é, o Ungido, um titulo muito alto que Maomé não recebeu.

4) No Alcorão Jesus é chamado de “a Palavra de Deus’, um titulo poderoso e elevado, que Maomé também não recebeu.

5) No Alcorão é afirmado várias vezes que Jesus fazia milagres, enquanto neste livro Maomé nada fez.

6) Jesus no Alcorão é ascendido ao céu com seu corpo; coisa que o Alcorão não reconhece sobre Maomé.

Mario Joseph, quando ainda era um imã muçulmano e se chamava Suleimán, sem conhecer nada sobre Geisler e sua exposição, já havia notado esses aspectos que os perturbavam.

E quando perguntava aos seus mestres, se isso não significava que Jesus era maior que Maomé, talvez muito maior, eles não sabiam responder com razões. Mas Mario Joseph aponta alguns detalhes interessantes.

7) O nome de Maomé aparece no Alcorão apenas 4 vezes, sob dois nomes: Ahmed e Mohammed. No entanto Jesus é mencionado no Alcorão com 4 títulos poderosos: Kalimathullahi (Palavra de Deus), Ruhullahi (Espírito de Deus), Isá al-Masih (Jesus o Messias) e finalmente, Ibnu Mariam (filho de Maria, titulo poderoso porque Maria é a mais excelentes das mulheres, protegida de Deus, um exemplo para todos, etc…)

8) O capitulo 19 do Alcorão, intitulado ‘Maria”, canta louvores surpreendentes a Jesus que Mario não via atribuídas em Maomé a saber:

– Jesus é a Palavra de Deus

– Jesus é o Espírito de Deus

– Deu vida a pássaros de barro (a história Corão leva o Evangelho apócrifo de Tomé, ou os Filhos do segundo século ) .

– Ele curou doenças incuráveis

– Ele deu vida aos mortos

– É onisciente

– “Ele revelou todos os segredos ”

– “Subiu ao céu ”

– “Todavia esta vivo”

– “Cristo voltará ”

24 setembro 2016

Do you remember me?! - I´m Habib - Modern Talking "Atlantis Is Calling"

Numa daquelas noites em Londres, o moço saiu com o jovem bem apresentado. O Jovem estava insuportável, sempre com a mania que ainda não tinha nascido o homem que o iria domar. E, que o moço só quando estivesse a dormir, é que poderia talvez pensar que mandasse alguma coisa...

Depois de jantar, os dois vão a uma discoteca da moda Londrina... O moço cruza-se com um homem lindo que estava acompanhado de dois outros homens. E recorda-se que já se tinha cruzado com aquele olhar árabe algures no hotel onde estava hospedado, olhos castanhos da cor da areia do deserto. Uma barba desenhada perfeita, um sorriso maravilho. Mas, que estava acompanhado de uma mulher e uma jovem dos seus dez anos, não mais... Pensou que seria um casal feliz, mas que não iria olhar muitas vezes, mas foi mais forte que ele... Houve várias trocas de olhares, incluindo a mulher que se virou ao aperceber-se que o seu gajo olhava tão intensamente... O conflito diplomata estava prestes a rebentar, ainda para mais onde os árabes nos dias de hoje, podem tudo... Então pegou numa numa revista e tentou disfarçar que estava a ler algo e não mais olhou para o casal. 

A noite estava animada e o jovem bem parecido, parecia que tinha soltado a "franga". Às páginas tantas desapareceu, deixando o moço com um copo na mão e sozinho. Não conhecia viva alma, que ali dançava, nem estava numa discoteca gay propriamente gay... Foi à casa de banho, e viu o jovem bem parecido de joelhos a mamar um jovem todo musculado. Go Go Boy mesmo... Desviou o olhar e fez de conta não ter visto nada... Não estava no seu território, nem em campo neutro... Tudo estava no quarto, e na qual não tinha trazido chave. Falha irreparável de não poder apanhar o avião e voltar para a sua zona de conforto...

Passados minutos, enquanto bebia uma outra bebida, aparece-lhe o jovem bem aparecido de mão dada com outro "Go Go Boy" e que lhe diz:
- Não te atrevas a aparecer no quarto, vai dormir onde quiseres... Quero que te fodas esta noite...

Colocou-lhe umas tiras de jornal no bolso e disse-lhe: - Diverte-te e escolhe outro hotel para passares a noite... Não te atrevas a aparecer no hotel, aviso-te...

No regresso a pé, o jovem viu as praças londrinas de outrora em que há muitos anos tinha lá estado e que por momentos tinha sido feliz. Agora estava junto ao Tamisa, mas com mais dinheiro na carteira. Entrou no hotel, foi ao bar pedir uma garrafa de água com gás e sentou-se num dos sofás. Reparou que o jovem árabe estava fazer o mesmo, mas sozinho... Fizeram um brinde de água com gás, à noite anterior, como se tivesse sido a melhor das suas vidas...

Como nenhum se decidiu a tomar a iniciativa. O moço pensa que ele é hetero. Todo ele cheira a macho alfa. Aquele que comanda a alcateia de lobos.
A menina desce a correr e diz bem alto em árabe qualquer coisa como: Pai! Já cá estou... E, dá-lhe um grande beijo na face que é retribuído de seguida pela figura masculina...

A menina quando vê o moço, não aguenta a curiosidade e surge ao pé do moço num ápice e pergunta-lhe num francês perfeito:
- Tu és irmão ou primo daquele americano que já morreu... "O Robin Williams"

Moço com um sorriso: - Não! Sou português de Portugal. Já ouviste falar...

A menina faz um ar pensativo e diz: - É ao lado de Espanha?! Nós vamos muitas vezes a Espanha, eu, a mãe e o tio... Buenos Dias com aquele sotaque de menina que aprendeu algumas palavras espanholas nos videos da Jennifer Lopez...

O macho alfa surge ao pé deles, manda a menina ir tomar o pequeno-almoço. Entrega um cartão dele e diz-lhe:
- Se precisar de alguma coisa, aqui em Londres ou em Espanha contacta-me... Tenha cuidado com o seu amigo, ele não é homem para ti...

"To Be Continued..."

23 setembro 2016

The Bangles "Eternal Flame"

Oiço o rapaz ao telefone deitado com um braço por cima de mim. Está a falar com um dos seus melhores amigos e que desabafa toda as parvoíces acerca do amor, e onde do outro lado consigo ouvir: - Mas já não fodes grátis?! Não queres ter um namorado?

Silêncio, aquele silêncio que faz cair a ficha de qualquer. Creio que a grande maioria procura aquele alguém, cria aquela expectativa, mesmo que diga que vai sem qualquer expectativa a um encontro de rua, combinado num site qualquer ou mesmo aquele encontro recomendado por um amigo...

Já não há Santo Padroeiro ou Santo que lhe valha. O moço não atirou a chave ao fundo do mar, apenas rodou a chave, abriu a porta e seguiu um novo rumo...

Aquele rumo, onde olha para um rapaz e pensa... Quanto pagará este?!

Oiço o rapaz dizer: - Achas que vou arranjar um namorado, trabalhar feito doido, para mais tarde saber que ele anda a pagar a outro/s para satisfazerem os seus fetiches?! Assim, sou o amante ou o aquilo que me quiseres chamar...

E, só vem cá a casa quem quer e quando quer

"To be continued.."

22 setembro 2016

Segundas- Feiras - The Bangles "Manic Monday"

O Rapaz chega a casa mais cedo, atira a mochila para um canto, começa a despir-se, pega num comprimido, leva-o à boca, e depois entra na banheira e toma um banho rápido. Cheira-me que esta noite vai ser de festa... Segunda-feira, início do mês e é um don´t stop cá em casa...

O primeiro pede, que ele o espere de boxers e de pau feito. Chegar, fazer, bazar sem grandes conversas... O Serviço não passa de 8 minutos, e as tiras de jornal são atiradas para o chão... A porta fecha-se, ele vai lavar a pila e next...
O Segundo, é um velho conhecido. Entra despe-se... Deita-se no sofá de rabo para cima, dá ao rabo, leva umas bombadas e atinge o climáx tipo coelhinho. Levanta-se, não vai à casa de banho e começa-se logo a vestir... Tira as tiras de papel do bolso, e atira-as para cima da mesa. E. ouve-se: - Eu não pago para foder, que seja a última vez...

"Não paga, não anda no carrocel. Qual a dúvida?!"

Passado algum tempo, tocam à porta... O terceiro quer-o na sala, pois quer ir à casa de banho. Surge de sapato alto, peruca, de gaja mesmo. E, diz que quer levar na coninha... Também é dos tais que fodia de borla no passado, agora que ser chamado de "Amor" e que lhe diga que a ama...
No fim, as tiras de papel são atiradas para o chão, de uma ponta da sala e ouve-se:
"Não és assim tão mau como vibrador..."
O próximo quase que se cruza com o anterior, entra a correr, deveria estar a rebentar pelos tomates. Entra a correr pela casa, já a conhece de outros passados, despe-se e entra para a banheira. O moço aproxima-se, tira o pau para fora, e começa a urinar-lhe a boca. O gajo engasga-se e deita tudo fora. Ouve-se uma chapada e o moço a dizer: - Tens de beber tudo, nada fora...
Ele deliciou-se, levantou-se, tomou um duche e saiu com a entrega das tiras de jornal todas enroladas...
Na saída dá um beijo e diz: - Tens mais uma tira de jornal pela água e gel gastos...
Este deve ser Contabilista ou Economista...

Ainda não acabou?! Tocam de novo à porta e surge um gajo todo sarado de ginásio como se diz, bonzão mesmo. Este não tem mais de 25 anos. Sorriso lindo, turista em Lisboa. Bebem um chá, trocam um beijo e envolvem-se... Aquilo é mais do que carnal, há ali tesão e paixão... No final, é lhe entregue um envelope com tiras de jornal... O moço recusa contar as tiras, dobra o envelope e diz: - It´s rigth baby
Ainda falta o que virá cá dormir, chega de fato e gravata.. Desabafa da vida, do trabalho, do ex-namorado... O moço senta-se a ouvir as histórias e os desabafos. Vão para a cama, o moço faz-lhe uma massagem, o outro adormece e este também se deixa cair na cama. Está exausto...
Por volta das duas da manhã, ouve: - Não te levantes, eu sei a saída... Deixo-te o combinado em cima da mesa da sala... Até amanhã... Beijos

"To be continued..."