26 março 2011

Gonçalo - Cock Robin "The Promise You Made"

Ontem à noite o Gonçalo veio cá dormir a casa. O tema das "chaves" ainda não surgiu. O único tema que surgiu entre nós, foi a possibilidade de termos uma vida em comum. Ou seja, a possibilidade de um dia arrendarmos uma casa a meias. Ao longo destas poucas semanas que o Gonçalo tem ficado cá em casa a dormir, nunca me pediu as chaves de casa e muito menos comentou a decoração da casa. Ao contrário de muitos outros que a primeira coisa que faziam, mal colocavam os pés dentro de casa, comentavam o espelho, a disposição da sala, a cor da parede do fundo da sala(cor de sangue de boi, para quem não conhece é um pouco mais escuro que o tradicional bordeux).

Hoje, eu tive que ir trabalhar 4 horas, para ganhar mais uns trocos. De manhã ao acordar, o Gonçalo comentou: - Posso ficar a dormir mais um pouco?

Francisco: - Claro que sim! Deixo-te as chaves em cima do móvel de entrada. Depois de tomares banho, podes vestir cuecas, meias, calças, polo ou camisa. Procura dentro das gavetas. Se quiseres deixa aí a tua roupa, que assim já tenho uma "máquina" de roupa para mais logo.

Gonçalo: - Posso usar a tua roupa?

Francisco: - Claro que sim. Está lavada e passada a ferro. Qual é o problema?

Gonçalo: - Adoro-te!

Puxou-me para um abraço, demos um beijo, depois outro e mais outro e entregámo-nos ao suor um do outro. Fui trabalhar e ele ficou na cama...

Na hora do almoço, envio-me um sms a dizer que já tinha saido de casa. Que ía almoçar a casa dos pais, e que nos encontrávamos mais tarde no lar, onde eu faço voluntariado. A avó dele, já lá é residente. Daqui pouco, já estou casado e nem conta disso...

5 comentários:

Speedy disse...

estou aqui a conter-me de comentar :D

Francisco disse...

Comenta rapaz XD

Abraço

pinguim disse...

Parece-me ser o começo de uma vida a dois muito bonita...

Francisco disse...

Também acho, amigo Pinguim :)

Abraço

um coelho disse...

Qualquer dia já não sabes qual é a tua roupa (como eu).