29 março 2011

Casa de meninas - ABBA "Money Money Money"

Dando um pouco de continuidade ao post anterior... Desculpa lá Blog Liker, mas é mais forte do que eu...

Esta manhã, estava eu muito bem sentado dentro do meu carro. Sim, houve mais uma greve qualquer e demorei uma eternidade para chegar ao trabalho. Assim, não há condições...

Voltando ao eu estar sentado, ouvi na M80, o senhor Camilo Lourenço. Desde já, os meus parabéns a este senhor que tem todas as manhã um espaço, onde "arrasa" esta gentinha que tem a mania que sabe governar.

O tema de hoje: "Comparação de Portugal com uma casa de meninas"
Confesso que no inicio, eu achei um pouco forte tal comparação. Mas, como já dizia alguém e bem: "Não existem coincidências"...

Para os investidores estrangeiros, Portugal é como se tratasse de uma casa de meninas, ou seja, não pode ser uma casa de putas. Porque ainda estão a decorrer os censos, e muitas "manas" ainda não preencheram o dito questionário... Já enviei o meu pela internet, que chique... Agora que tenho namorado, passei a ser um rapaz sério e honrado, deixando de ser puta...
Mais, e como tenho uma licenciatura, não sou paneleiro, bicha, panasca, maricas e mais uns quantos adjectivos. Agora sou Gay ou Homossexual. Ponto...

Esta manhã, fui pagar uma multa das finanças. Devido a não ter entregue uma declaração de IVA, no tempo em que trabalhei por conta própria.
Recebi a multa em Janeiro no montante de 100 euros. Confesso que nunca mais me lembrei de pagar a multa. Esta manhã, lá fui eu pagar a dita multa.
Qual o meu espanto que desde Janeiro de 2011 até hoje(29-03-2011), foi-me aplicado uma multa de 125,5%.
É verdade, em vez de pagar 100 euros, deixei lá 225,25 euros.

O Funcionário disse para eu pagar primeiro e só depois reclamar. É que reclamar, não faz parar a subida da multa, que poderia ir até aos 2500 euros.

No meu tempo de miudo, os "parasitas da sociedade", eram os que não queriam trabalhar. Hoje, quase que posso afirmar que são os meninos que trabalham para as finanças. Que depois devem ir à noite dar uma volta pela cidade a peguntar: - Como é o Broche? Tanto! A tua amiga do lado faz mais barato...
Sem comentários possíveis, e depois digam que os "bifes" não tem razão...

À tarde, atendi 4 chamadas distintas de vários bancos. Todos à procura de algumas colegas, porque tinham prestações em atraso.
Será que o bancos, já perderam a vergonha e informam os colegas das dívidas dos outros? Não estão à espera que eu vá pagar alguma?

Uma operadora do Banco Totta(até digo o nome do banco)

Operadora: - Bom dia! Posso falar com a Sra. Dra. S.V?

Francisco: - De momento não. Está numa reunião(verdade).

Operadora: - Sempre em reunião?! Diga-lhe que por não ter regularizado a prestação em atraso. Terá um acréscimo de 37 euros...

Francisco: - Peço desculpa! Eu não sou titular da conta...

Desligou-me a chamada na cara. Aproveitei para ir beber um café, quando a minha colega saiu da reunião.

Francisco: - Ligaram do Totta, a informar que te vão cobrar 37 euros, por atraso na prestação.

A minha colega fica vermelha e comenta: - Esqueci-me de colocar os 80 euros naquela conta. Só que a prestação venceu a dia 23 deste mês!

Foda-se!!! Em 6 dias, 37 euros de multa!!!!
Entre as Finanças e o Totta, que venha o Diabo e que escolha.
Ainda bem que eu não sou cliente Totta!!!

4 comentários:

Blog Liker disse...

Que cena! Já não há direito à privacidade... Isso para mim deixa a imagem do banco de rastos...

Abraço!

pinguim disse...

Apesar de tudo prefiro os cabrões dos bancos.
Devido a uma história que já contei no meu blog, as Finanças penhoram-me parte da minha pensão, durante meses, porque não podiam penhorar mais nada...
Agora que os dois processos kafkianos foram ganhos por mim, quando me pagam o que me levaram, indevidamente?

Speedy disse...

lá está... os que cumprem as regras, by the book, lixam-se sempre. não há como evitar não ser chulado

Francisco disse...

Blog Liker, andas a faltar aos "treinos". Chumbas por faltas. LOL

Abraço

Pinguim, entre um mal e outro. Venha alguém e que escolha...

Abraço

Speedy, pena não ter a pele pintada...

Abraço