13 agosto 2014

Orgulho - Trabalhadores do Comercio "Chamem a Policia..."

Não é novidade para quem me segue aqui, que eu por não ter carro. Desloco-me de metro, e para tal, pago o Passe todos os meses...

Caso contrário, teria de comprar o bilhete, que me permite viajar com tranquilidade e sem preocupações. Pago, usufruo do Serviço...

Já vi muita gente, a saltar as portinholas, empurrar as pessoas que pagaram bilhete, pedir ajuda... Também já vi multidões de negros a saírem sem pagar. Algo tão natural como eu ir beber um café. Algo tão natural, que os seguranças do metro, os próprios trabalhadores e até polícias que desviam o olhar... Tudo Normal e Natural...

Pessoas que reclamam dos infractores e são humilhados pelos mesmos, sem que nada aconteça... Tudo Normal e Natural...

Ontem à noite, um Jovem reclamou e MAL a meu ver. O "Metro" aposta em publicidade, em que temos de denunciar estes casos...

Na rua, o jovem teve que fugir, foi apanhado no meio da Rotunda. Onde levou um tareão, e ninguém fez nada. Os Taxistas olhavam como se nada fosse. O grupo de musculados que estava no parque, olham imóveis. As mulheres gritavam da janela, mas descer. Está calor demais ou frio demais para tal...

Teve de ser uma Mulher Negra, que também saiu do metro. Que se meteu, mas enquanto falava e mandava estarem quietos.

Os Brancos à janela: "Chamem a Polícia..."

Amigos!? Polícias na Amadora, só mesmo durante o dia e é para multar. À noite, aparecem uma a duas vezes por ano. Mas, alguém deve informar, nunca vi negros a sair do metro, quando a polícia está na Rotunda... Coincidência das Coincidências...

Mas, também num País, onde um polícia é preso por cumprir a sua missão. Vai preso, e tem de pagar indemnização por ter morto uma criança que estava escondida dentro da carrinha.

Eu, sozinho. Ia-me meter com Negros que davam porrada num jovem branco?! Ainda tiravam dentro do bolso uma criança de 6 anos. Desde que vi um porco a andar de bicicleta, já acredito em tudo. Assim, como na Dita Democracia em Portugal...

Adorei a parte em que a Senhora disse: Juntos vocês são fortes. Quando estiverem sozinhos, não andem junto às Linhas de Comboio

Já dizia a minha avó: "Existem pessoas, onde se deres maças... Um dia vão-te cobrar uvas..." E, o que fizeram para merecer?!

Nada! Rigorosamente nada?! Apenas porque acham que sim...

4 comentários:

João disse...

É mesmo muito triste e degradante :(

Francisco disse...

João,

É o País que temos :(

Mark disse...

Há bom e mau em todas as nacionalidades. Também há bandos de brancos rufias e mal encarados que só sabem provocar desacatos.
O fenómeno da criminalidade na comunidade africana prender-se-á, digo eu, à exclusão social dessas pessoas. São discriminadas desde sempre, inseridas em grupos marginais que desencaminham os jovens, morando em guetos. As políticas educativas e de reintegração não surtem efeito. O desemprego ajuda...

Não acredito em raças tendencialmente más. Acredito antes em sociedades injustas.

um abraço.

Francisco disse...

Mark,

É um facto, o ser humano é capaz das maiores atrocidades contra o seu semelhante...

Se fosse ao contrário, já "Havia Fumo, muito fumo..." Como já ouvi por outros de raça negra...

Eles são marginalizados, mas recebem subsídios e casas... E, eu branco o que ganho?!

Impostos e mais trabalho

Pontos de vista amigo

Abraço amigo Mark