15 outubro 2012

Que Dizer!!!??? - AMÁLIA RODRIGUES "UMA CASA PORTUGUESA"

Alguém disse e muito bem: "Falta Cabelos Brancos e BOM SENSO neste Governo"...

Depois de ter ouvido o Prof. Marcelo na TVI, é fácil concluir que:

- Ninguém quer que o Governo "caia". Porque depois temos de colocar pessoas Inteligentes nos locais certos. Todos nós, já percebemos que pessoas Inteligentes neste país não existem. As Inteligentes e com credibilidade já emigraram;

- Depois, este Governo seria igual a uma empresa que pede insolvência. Nomeia-se um Administrador Judicial, que recebe um vencimento, não faz nada e deixa passar o tempo. Até não haver mesmo dinheiro... Quantas empresas entraram em Insolvência, e os credores "lerparam" e bem... Há quem tenha recebido selos...

- Assim mantemos o estatuto de "tudo em cima do joelho", como é o caso do Orçamento de estado que irá sempre apresentado amanhã.;

- O medo na Classe Política está instalado. Se as manifestações continuarem. Pode-se dar um novo "25 de Abril". O Estado fica dono de tudo, serão outros a Subir ao Poder e a Expropriarem o que foi indevidamente "roubado" aos portugueses;

- Manifestações de Desemprego, de Farmácias... Então!!! E, quando chegar às Forças Policiais e não só?! Fechamos o país para "Balanço"?!

- Quando se fala da perda da Democracia. Todos sabemos que Democracia em Portugal é para "Inglés Ver". Manda o Capital e quem tem dinheiro. Basta ligar a TV... Digo eu...

Hoje vimos que o PS ganhou nos Açôres com Maioria Absoluta. O CDS quer fazer coligações com o que ganha(PSD ou PS). Neste país, só se vota no PS ou PSD... Não dizem que fazem todos parte da mesma maçonaria?! O que muda é mesmo a cor política?!

Isto é como a EDP e a GALP que são ambas empresas do Estado. Que comercializam Electricidade e Gás. Então?!

O que muda no PS e PSD. Eles falam mal uns dos outros. Mas, ao final do dia encontram-se no "Templo" para orar e rezar em conjunto... Estamos a falar mesmo do quê?!

Espero que o Anjo de Portugal e Nossa Senhora de Fátima, consigam dar alguma "Luz" aos Iluminados deste país, para que possam rectificar o Orçamento de Estado para 2013, para Bem de todos nós.
Depois de algumas pessoas não conseguirem compreender o quanto pode ser gratificante, fazer voluntariado. Deixei de referir apenas. As lutas constantes com as auxiliares, que pensam que nós queremos "roubar" o lugar delas. os médicos e enfermeiros e dirigentes dos lares, que somos tipo alguém da asae que quer descobrir algum podre, para mandar fechar o lar. Familiares que não entendem o que é ser voluntário, e que pensam que somos inspectores da Segurança Social, que o objectivo é reduzir o valor da reforma... Um gajo que estamos a conhecer, que pensa que somos amantes ou prostitutos... Enfim, uma panóplia de coisas... Desisti, foi mais forte que eu. Apenas me limito ir algumas tardes durante a semana ou ao fim de semana fazer um pouco de voluntariado como se "fosse " familiar de alguém que tem família, mas que não recebe visitas há mais de 5 anos...

Fico feliz e contente ao saber que os medicamentos permitem dar outra qualidade de vida. Neste caso a uma "avó" que entrou no lar em coma, com dois cabelos na cabeça. Nos dias de hoje, tem a cabeça com montes de cabelo, já fala, já lê e é independente. Só tem por vezes falhas de memória. Até eu tenho... O que eu tenho aprendido com a senhora que diz que tem 6 netos oficiais e um neto não oficial. Não quero nenhuma herança da senhora, porque aquilo que ela me ensina, não há dinheiro que pague...


Para ti "Um Coelho" :)
Para o meu comentador, seguidor e que escreve um blogue que eu gosto muito de ler. É para ti "Mark" (:

10 comentários:

Margarida disse...

obrigada, Francisco, por este texto. sim, é muito gratificante fazer voluntariado, principalmente dirigido aos seniores. é uma área muito querida e muito pessoal para mim, pelo que ainda não fiz nenhuma referência a isso no meu canto (nem sei qd o o farei, bem, quando me sentir com coragem para isso...).
espero que o OE 2013 não vingue tal como está, espero que tudo mude.
nobel da paz para a europa... a sério?
bjs.

Francisco disse...

Margarida,

Ainda bem que gostaste ;)

Beijinhos Grande e uma excelente semana :)

Arrakis disse...

Adorei este teu post e fazer voluntariado é algo que já equacionei. Como dizes não deve ser fácil mas um dia destes atiro-me de cabeça.

Abraço amigo Francisco e uma excelente semana para ti.

Francisco disse...

Arrakis,

Vais ver que podes aprender bastante com esse "atirar de cabeça" ;)

Abraço amigo e tem uma óptima semana

Margarida disse...

metendo-me: é necessário fazer um curso de voluntariado. eu fiz, pelo menos, bem como assinar um contrato com a entidade, não sei o teu caso, Francisco. como dizes, agora vais como familiar e deve ser diferente.
bjs.

Francisco disse...

Margarida,

O único lugar onde me pediram para fazer um curso foi para o IPO de Lisboa...

Não assino contratos, apenas indico as horas em que posso estar presente.

Apenas informo, e não para ir trabalhar nas folgas das auxiliares...

Claro que tens de aprender a fazer camas, como dar banho etc etc :)

Gosto imenso :)

Beijinhos Grandes

João Roque disse...

Talvez não saibas, mas já nos tempos longínquos em que comecei a seguir o teu blog, uma das razões que me levou a isso foi a forma como contavas o teu voluntariado.
É algo de muito bonito e não paro de admirar quem o faz.

Francisco disse...

João Roque,

Eu sei disso e que bem que me soube o teu abraço :)

Abraço amigo

um coelho disse...

O voluntariado é mesmo uma coisa que nos deixa bem connosco próprios. Pelo menos acontece assim comigo. Porém, referes uma situação que é bem verdade, quando o voluntariado não é bem vindo ou é visto com desconfiança. Nessas situações não estou para abébias, se o meu trabalho não é bem visto ou valorizado, há quem lhe dê valor.

Francisco disse...

Um Coelho,

Complemente de acordo. Se não sou Bem vindo, vou pregar para outra freguesia e bem ;)

Abraço amigo