27 outubro 2011

Tudo vale - Maria Bethania- "Negue"

Confesso que aos dias de hoje, não sei para onde vai a grande maioria dos portugueses. Basta ligar a televisão para ver desgraça atrás de desgraça...
O Benfica não joga, depois dá nisto. Ao menos quando o Benfica joga, o povo delira. Se perde ou ganha, pouco ou nada interessa. Porque no dia seguinte é "feriado" mesmo...

No "mundo dos Elevadores", os condomínios estão sem dinheiro. As pessoas não pagam as quotas, logo "sem ovos, não há omeletes"...

No "Mundo do Call Centes", a grande maioria das campanhas de outbound(ligar para o cliente), estão a terminar. Não há vendas suficientes por dia. Os objectivos, são cada vez mais altos e mais dificeis de atingir.
Lá vem a merda da estatística, com as probabilidades e com as médias. Se eu me sentar na mesa com o Miguel para almoçar um frango assado. Qual a probabilidade ou a média de cada um? Pois, se ele gostar de frango assado, será o único a comer. LOL, Eu não gosto de frango assado...

No "Mundo do Voluntariado", as pessoas pensam que um voluntário é um trabalhador sem remuneração, ou um ajudante. Existem familiares, a quem só apetece dar chapadas e estalos.

No "Mundo Gay", nada de novo. Sempre do mesmo. Que já cansa...
Eu bem digo, só muda o nome e a morada. Tudo o resto,é igual...

Alguém me consegue explicar: Se retiram o subsidio de Natal e de férias a trabalhadores que usufruam mais de mil euros de vencimento, qual a vantagem de trabalhar mais meia hora por dia????????

Os privados só copiam os "modelos" criados pela função pública, só para retirar alguns benefícios aos trabalhadores. Num momento, em que a grande maioria dos portugueses não consegue poupar 50 euros por mês. Onde nos levam estas politicas?
O Natal é a época do ano, em que a grande maioria das lojas sobrevive para o ano inteiro, se não há dinheiro. Vamos voltar ao fiado?

"Sem ovos, não há omeletes"

Por isso, é que muitas pessoas já não arrendam casas, mas sim quartos. Está lindo este país, à beira mar plantado...

2 comentários:

sad eyes disse...

Estamos numa crise que ainda vai doer muito e que promete durar até ao fim da década...

Francisco disse...

Sad Eyes, verdade e como disse alguém:

A EDP mandou "apagar" a luz ao fundo do túnel...

Abraço :)