19 agosto 2010

Quando algo corre mal...Vem tudo de seguida - The Bangles "Manic Monday"

Hoje não é segunda-feira, mas é como se fosse...

Não acordo às seis da manhã, mas acordo com um sms do André, onde leio:

- Desculpa, mas enganei-me em relação aos meus sentimentos para contigo. Podemos ficar amigos se quiseres. Abraço

Ao acabar de lêr a mensagem, saio da cama e vou tomar um banho. Tenho de acordar mesmo, para ver se ainda não estava a sonhar...

Li e re-li a mensagem, não sei quantas vezes. Impressionante a forma como algumas pessoas: falam, dizem(para reforçar as palavras) e escrevem...

Lá diz o ditado: - As palavras são levadas pelo vento e os actos ficam com quem os pratica.

Enquanto me dirigo para a paragem para ir apanhar o autocarro, pego no telefone e ligo para o Joseph. Este não me atende...

Ao chegar ao trabalho, volto a ligar para o Joseph e este ao atender: - Já te ligo(até agora e já são 22h35m). Espero sentado ou posso ir deitar-me?

A formação decorre na sua normalidade, as "pérolas" lá vão saindo de vez enquando. Mas, confesso que não estou com pachorra para dar importância. Até que somos informados que vamos fazer "side by side".

Em português, significa que vamos para a sala do call center, onde estão os mais antigos a comunicar. Cada um dos formandos vai ficar sentado ao lado de um colega mais experiente e ouvir como ele comunica. É uma ajuda para a nossa prova final. Onde iremos fazer uma simulação de venda do produto/serviço ao supervisor.

Quando chego à sala... Qual o meu espanto ao ver só bichas. Parece que estou no "club da esquina" do Bairro Alto ou ainda no "Trumps"(discoteca gay).

Sento-me ao lado de uma "mana/prima". Olha a minha sorte! Ainda se o rapaz fosse jeitoso, poderia ser que o dia fosse interessante...

Como é que as pessoas podem ser tão mal-educadas, quando estão a ser abordadas por uma campanha de telemarketing? Expliquem-me a razão de haver tanta falta de educação.

É verdade que eu já "incomodado" por campanhas de telemarketing mas nunca mandei ninguém para o caralho, vai-te foder, puta que te pariu...

A minha alma estava parva, o meu rosto deveria estar em pânico quando o moço me diz:

- Isto é prato do dia e não é nada...

Francisco: - Desculpa! Ainda existe pior?

Algumas pérolas(não resisto, é mais forte do que eu...):

Tia: - O menino, não percebe? Eu não estou interessada de todoooooo...
(eu percebo, até sei falar português. Interessada de todo é o quê?)

Marido: - O que é que voçê quer à minha mulher? Eu é que uso calças cá em casa.
(Sério!!!)

Gaja: - Se está a ligar para mim, sabe quem eu sou?
(Claro que sim. Até sei o número que usa e a cor das cuecas)

Gajo: - Como é que soube o meu número? Este número é confidencial...
(Sério! Deixou de o ser, quando acertámos nos 9 digitos. LOL)

A meio da tarde, recebo um sms do André: - "Olá! Queres ir beber um café mais logo, depois podemos ir ao bairro e acabar a noite..."

O gajo passou-se, só pode...
Primeiro dá-me uns patins/skate/bicicleta, mete-me a andar e agora quer ir onde? Não deve ter arranjado nada melhor. Só pode...
Temos pena, mas já nem estou aí. Lo Sinto...

Ao final do dia, fui ter com a Maria. Ela tem uma novidade para me contar...
Cheira-me que anda passarinho novo no ar. A voz estava muito alegre, de gaja apaixonada, mesmo...

Qual o meu espanto quando ela me diz que o namorado é negro...

Nota: - O urso é branco. Porque uma casa para ter os lados todos para sul, tem de estar a Norte. No ponto mais a Norte, a casa quadrada tem todos os lados para o Sul. Logo, no Pólo Norte, os ursos são todos brancos para se misturarem com o branco do gelo.

2 comentários:

pinguim disse...

Como toda a gente, recebo chamadas dessas e confesso que não tenho paciência para elas; mas o meu discurso é sempre o mesmo e educado; ainda não acabaram de dizer o nome e já eu enuncio:"desculpe, não leve a mal, mas aqui em casa não aceitamos publicidade por telefone - boa tarde(...)"

Francisco disse...

É verdade, não precisamos de ser mal educados. Também, quando sou abordado na rua, não mando ninguém para a terra da outra senhora...