29 novembro 2012

Rua dos Cafés - Barbra Streisand "Memory"

Depois de ter lido o post do meu amigo Pinguim, acerca da Rua dos Cafés. Onde o autor do Blogue "Crónicas on the rocks", pede para participarmos com um post acerca do nosso café preferido...

A modos, que eu confesso que com o frio que faz sentir, assim que o Sol desaparece do horizonte. Ainda tentei ir beber um café convosco no blogue do "Bar Aberto", mas aquele espaço deve estar fechado para remodulação ou algo do género. Faz-me lembrar do café do Sr. Miguel, que falarei mais à frente, onde o pessoal parava todo. Parei lá entre os meus 19 e os 23 anos. Um café que abria a hora incerta. Havia dias que abria às 16h, outros às 18h. Por norma, estava sempre aberto depois das 22 horas. Com este frio,também não precisamos de gelo nas bebidas. Digo eu... E o Mark, vai mesmo no sumo natural e faz ele muito bem...

Assim sendo, temos encontro marcado na "Vela Latina", tem uma óptima esplanada, se estiver muito frio podemos sentar-nos na parte de dentro e lá estamos mais à vontade para falarmos das coisas triviais do dia a dia. Podemos falar da crise, do beijo de ontem entre o Nuno e o Fábio na casa dos segredos, podemos falar do Orçamento de Estado para 2013, ou simplesmente podemos falar dos gajos que o Francisco já conheceu ou anda a conhecer... Um tema muito mais interessante... Afinal, "um café não compromete, nem mata"

Comecemos então! Sempre gostei muito de café. Também naquela altura era o consumo mais barato. O café custava 40 escudos(20 cêntimos) na moeda actual. Adorava beber um café Bondi, quem se lembra?! Depois fizeram umas misturas da treta. Hoje, se é Bondi, não bebo café. Prefiro o café do Call Center...

Já sei que a "velha guarda" vai falar no café Nicola no Chiado, na "Brasileira" que parece um museu enquanto bebemos um café. Por favor! Para estragar o café com o colocar açucar, mexer e ainda adicionar água. Da brasileira recordo o preço caro do café na altura e de ter oferecido uma rosa a um gajo giro. Uma das minhas históris para contar. Também era ali que parava um famoso jogador de futebol, onde ele engatava mesmo. lembrei-me de um post do Arrakis. Sim! Beto que é Beto, pede sempre um copo de água, para tirar o castanho do café dos dentes. Mais à frente eu falo da Mexicana e da Biarritz. Quem não souber, fica ao fundo da Avenida da Igreja... Junto à igreja onde se ouvia isto muitas vezes. "Santo! Santo é o Senhor..."

As "mulheres sérias e honestas" frequentavam ou a Mexicana(quem não frequentou a mexicana?!) ou então a pastelaria "versalhes". Sim! O meu petit Chateau... Meu e de mais não sei quantos... Ao Domingo, de manhã à noite, eram sempre casa cheia, mas sem a Serenella Andrade... Muitos também frequentavam o Galeto em frente, a casa de banho era mais escondida... Assim, como a casa de banho da Brasileira, que era em baixo. Pois! Em baixo é que é bom...

Na altura que eu frequentava a Biarritz, andava a sair com um gajo que tinha a mania, que tinha "sangue azul", que mais títulos que a Rainha de Inglaterra, e, que era mais viajada que os Coelhos... Tinha ela a mania que era princesa, quando nunca passou de uma aia do 4 escalão(existe?!)

Pastelito de nata era mesmo nos "Pasteis de Bélem", onde a casa de banho também era conhecida por alguns gays... Sim! Eles levavam o belo do seu livro, marcavam mesa e depois desapareciam... Creio que andavam a trocar informações de como concorrerem assim a um passatempo igual ao da Margarida...

Em Lisboa só havia as Amoreiras. o King e afins eram para as bichas douturadas ou que tinham a mania que eram mais que os outros... Sim! Amores, bicha que era bicha também frequentava a sala de café desses cinemas. É que os ginásios ainda não eram moda, assim, como são aos dias de hoje...

Claro que eu sempre preferi a Vela Latina. Ficava junto ao rio. Tinha umas saladas divinais. Muitas tardes passei eu ali na mera cavaqueira com o Zé. Na altura eu tinha 23 anos, o Zé 35 e o namorado dele 55... O Zé tinha sido jogador de futebol, tinha-se apaixonado pelo Artur(acho que se chamava assim)...Com a diferença da idade, o Zé muitas vezes procurava fora. O namorado também estava com cancro e aquilo esteve muito complicado(creio que o senhor já tenha falecido à data de hoje). Uma vida a dois, o casamento não era permitido naquela altura...

Tantas tardes que eu passei a estudar na esplanada da Vela Latina e tantos cafés com amigos e outros "amigos" bebi naquele espaço. Perfeita Nostalgia... Nos dias que havia muita estrangeirada, ia para a esplanada do Café In.

Engraçado! Já pedi namoro e já fui pedido em namoro em várias explanadas. No Café In, na esplanada do Miradouro da Graça, na esplanada do Adamastor, em esplanadas de cafés de esquina.

Nunca pedi, nem nunca fui pedido em namoro na Esplanada da Vela Latina...

12 comentários:

Margarida disse...

tb gosto da vela latina, embora não vá lá mts vezes.
aliás, gostei mt deste teu post.
bjs.

Namorado disse...

Eu gosto do À Margem, do Foxtrot, do Tuareg, do Casino Lisboa, Poison d'amour e do Le chat. Basicamente tem que haver cenário LOL Gosto de ter sensações no espaço em que me encontro!

Francisco disse...

Margarida

Obrigado :)

Beijinho Grande

Francisco disse...

Namorado,

Cada um com os seus gostos ;)

Abraço

João Roque disse...

Todos os sítios de que falas, à excepção da Mexicana e da Versalhes (não conheço a Biarritz, mas pelo nome parece-me ser uma pastelaria), não são cafés, na acepção que havia antes; são sítios de estar, alguns restaurantes e outros, bares.
E não há nenhum café, sítio de estar, bar ou restaurante que não tenha WC; a questão é de quem as utiliza e com que fim...

Namorado disse...

Basicamente gosto de tudo que tem nome estrangeiro LOLOLOLOL Sou um vendido LOL

Francisco disse...

João Roque,

Creio que na acepção da palavra "Café", creio que só mesmo a Tertúlia que ficava no Bairro Alto perto do Frágil pode ser considerado café... Nem se ainda existe à data de hoje...

Mesmo a pastelaria Suiça, Mexicana, Versalhes são pastelarias... vendem bolos LOLOLOL

Quanto às casas de banho, pois são obrigatórias por lei...

Abraço amigo

Francisco disse...

Namorado,

LOLOLOLOLOL

É mais chique...

Para os lados da expo norte... Gosto da geladaria Emanhá e também do Me and you :)

Conheces?

Abraço

aoc36. disse...

sempre com pretendestes ah porta!!! :)

adorava explorar lisboa....

Francisco disse...

aoc36
Euuuuuuuuuuuuuuuuuuuuu!!!!!!!!!!!!!!!


Vendo mapas, lol mas posso te arranjar um se quiseres de borla... :)

Abraço amigo

Namorado disse...

Sim conheço. Também costumo pairar pelo me&you!

Francisco disse...

Namorado

:)