13 junho 2012

Histórias Infantis - Josh Groban "If I Walk Away"


Claro que as histórias infantis tem um peso enorme sobre a nossa cabeça e educação. Afinal, quando somos novos/as somos tratados por príncipes e princesas. Aqueles/as filhos/as que não fazem nada na vida e que só sabem pedir...
Quem não espera por encontrar um príncipe que nos pague as contas? Quem não espera encontrar um parvo/burro que nos pague as contas ao final do mês? Claro que o Amor existe e é lindo. Não estou ressabiado com nada, apenas noto que nos dias de hoje, uma grande maioria das pessoas estão juntas por interesses monetários. Caso não fosse verdade, não haveria tantos divórcios. Afinal, a grande maioria foi à Igreja dar o Voto:
"Estaremos juntos no Bem e no MAL" Então??????!!!! Estamos mesmo a falar de quê?


A história destes três países que são aqueles que tem mais Sol durante o ano, muita Praia, muita areia...
A história do Tom Sowayer retrata bem este povo que não quer estudar, trabalhar. Este povo está bem de tanga apanhar Sol e a beber umas canecas de cerveja, assim é que é gozar a vida. Vamos viver a vida Amor... O último que feche a porta...


A história dos três porquinhos é a história que se viva na actualidade. A Europa que sempre nos chamou PIGS, porque só queríamos cantar em vez de trabalhar... Não andava muito longe da Realidade, e a Grécia foi a primeira a sucumbir ao primeiro sopro de Inverno...

A casa do Segundo Porquinho(Portugal) já há muito que caiu. Só que como somos mesmo tugas e fazemos tudo em cima do joelho. Estamos a entregar a casa ao banco e ainda estamos a impor como será a próxima decoração na mesma...

A Casa de cimento do Prático(Espanha) está quase a ir abaixo. É só uma questão de tempo. Vamos ver se a História dos Pigs termina por aqui, ou se a Irlanda é o próximo país a ir ao chiqueiro....

Agora fazemos como o "Marco", que passava a vida atrás da mãe que esteja disposta a perdoar e a dar dinheiro para podermos continuar a fazer Estádios de Futebol, Condomínios de Luxo, Novas Urbanizações mesmo...

4 comentários:

Margarida disse...

interessante a tua analogia.
Portugal, é verdade, gastou o que tinha e o que não tinha nas últimas décadas.
julgo que ainda não batemos no fundo, mas não estamos longe.
bjs.

João Roque disse...

A Irlanda já lá foi...

Francisco disse...

Margarida,

Apenas te posso dizer que isto está mesmo mal, e que já não falta tudo para irmos de vez...

Beijinho Grande

Francisco disse...

João Roque,

Nesse caso o chiqueiro já está completo, só falta ver que virá a seguir!!!!!!!!!

Abraço amigo