17 maio 2015

A long time ago - Queen "Bohemian Rhapsody"

A única certeza que temos desta vida... Assim que nascemos, sabemos que um dia, iremos morrer... Quando?!

Isso é outra nota de quinhentos....

Engraçado! Que os Grandes Assassinos tem mais medo de um dia poderem morrer... Do que a maioria das suas vítimas...

Também gosto de ouvir os "Ateus" e os Cépticos, quando chega aquele momento. A grande maioria afirma: "Não quero morrer, tenho muito medo de morrer"

De facto, para muitos deve ser tramado, quando chega aquele momento: "Game Over" "C´est fini" "The End..."

E, aí a história fica mais complicada...

Os posts seguintes ainda dentro desta temática serão apenas de testemunhos (não os meus) lolololololol ;)

Quem quiser, pode partilhar esse(s) momento(s)

12 comentários:

Ro Fers disse...

Morte me causa medo, embora tento me desencanar.
Abraços!

Horatius disse...

sobre este assunto, tenho um grande medo: que me sepultem, pensado que estou morto, estando vivo...

Francisco disse...

Ro Fers

Só tenho medo é de sofrer. Morrer a dormir ou com um aneurisma seria o ideal ;)

Abraço amigo

Francisco disse...

Horatius,

De facto isso assusta, daí ter pedido para ser cremado, fazerem autópsia (cortam te todo), ou doação de orgãos lolololol

A última não posso, sou gay lololololololol

Abraço amigo

João disse...

É algo que a maior parte das pessoas se esquece com frequência: ninguém fica cá para contar história, temos de as contar e viver enquanto andamos por cá! xD

Goodblog Badblog disse...

Acho que não tenho medo de morrer. Tenho medo do que precede a morte e não penso no que vem a seguir.
Dor e sofrimento pré-morte, isso sim, assusta.
Quero obviamente morrer o mais tarde possível, não por medo da morte mas por gostar da vida.
Não percebi a dos Ateus e Cépticos? Que tem fé, quer morrer? Lol. Provavelmente ainda têm mais medo pelo receio das profundezas do inferno, lol.

Francisco disse...

João,

Podem deixar blogues escritos ;)

Francisco disse...

GBBB

Por norma os Ateus e os Cépticos vão às igrejas para pedirem para ser baptizados, em caso de dúvida....

Se tiveres dinheiro, vais ver o Papa lololololololol

Não vês a revista "caras" depois dá nisto :P

N a m o r a d o disse...

Como o Goody, não tenho medo de morrer. Tenho medo do intermédio entre a vida e a morte.

Francisco disse...

Namorado,

Compreendo-te :)

Mark disse...

Não tenho medo nenhum de morrer e nem sinto especial (ou qualquer, inclusive) apego à vida.

Quanto ao que haverá (se houver...) "para lá de", é uma incógnita. Já estudei a doutrina espírita de Kardec e, não ajuizando sobre a sua veracidade, parece-me equilibrada.

um abraço.

Francisco disse...

Mark

Irei cuscar essa doutrina. Tudo o que envolva o espírito, é outra nota de quinhentos

abraço