28 maio 2017

Almada Negreiros (Quadros Gays a meu ver)

Qual a dúvida?!
Sugar daddy onde o mais novo tem "falta de cálcio nos pulsos" ou seja, mais feminino
Um Claro engate gay onde um tem o traço mais masculino, e o outro toma a postura mais feminina
Dois pais e uma criança (Adopção Homossexual)
Um local de crusing onde é habitual dois foderem e um fica a olhar ou participar no final (quando o forno já está quente)

6 comentários:

Anónimo disse...

excelentes registos fotográficos ... essa exposição deve ser um must!
Lisboa está cada vez melhor....pena ter emigrado

Francisco disse...

Anónimo

Está até ao próximo domingo à meia noite na Gulbenkian :)

Abraço e volta sempre

Mark disse...

Também os achei muito homoeróticos.

um abraço.

João Fadário-Belfort disse...

Gostei muito e achei curioso como será que se viveria em Lisboa sendo gay há uns 50-60 anos atrás? ^^

Francisco disse...

Mark

Bem verdade :)

Abraço

Francisco disse...

João FB

Era uma tristeza...

A primeira discoteca foi o "Finalmente" porque Finalmente havia uma discoteca gay em Lisboa

Depois havia o trumps, porque trump em inglês significa porcaria. Era a "Porcaria" dos anos 80 em Lisboa

O Constrution, era o Bric à Bar, que antes era só a entrada com 4 cadeiras. Era a Dona Alice (creio eu) a porteira ;)

O que aprendes acerca da noite Lisboeta em Lisboa...

E, houve uma discoteca gay ali para os lados do casal ventoso que tinha muita faca de alguidar onde os drogados iam dar o cu a troco de dinheiro para a droga

Abraço :)