22 outubro 2014

Portugal - Linda De Suza "O Portugues emigrante"

Aqui este meu canto é o meu muro de Lamentações:

Cada vez mais acredito que o Alentejo deveria ser a capital deste Curral chamado Portugal

"Um alentejano do monte vai observar um engenheiro que está a trabalhar na construção de uma estrada ali nos arredores de Mértola, para os lados da Mina.

O técnico está a fazer medições do terreno com um teodolito.

- Botardeee! - botou faladura, apoiando-se no cajado - Vomecê é que veio fazer essa estrada?

- Sim. Nós temos a mais alta tecnologia para construção de estradas e estamos aqui para dar uma mãozinha prós alentejanos, pra ver se isto vai prá frente!

- E pra que tá usando essa coisa aí, mais parece uma panela com buracos?

- Estou a medir terreno. - responde o engenheiro.

- Ó ca porra... e vomecê precisa dessa coisa pra fazer uma estradita?

- Sim, é necessário. Por quê? O senhor não entenderia... Mas este aparelho é dos mais simples, vocês aqui nunca usaram?

- Homem! Agente nã precisa dessa moenga. Quando a gente quer fazer uma estrada, soltamos um burro e vamos atrás dele.

Por onde ele passar, é o caminho mais fácil pra fazer a estrada...

- Muito inteligente esse método - diz o engenheiro em tom de gozo.

Então e como é que fazem se não tiverem um burro?

- Bom, quando é assim, atão a gente chama um enginhero ....

A sério?! Este país existe?!
MESTRE EM GESTÃO E MANUTENÇÂO DE CAMPOS DE GOLFE


Diário da República, 2ª Série, nº51, 12 de Março de 2008

(Encontrado aqui e podem confirmar em
http://www.dre.pt/pdf2sdip/2008/03/051000000/1067010674.pdf

Se nascer com um tom de "graxa", tem direito a Subsídios, mesmo que os pais não saibam o que significa IRS. Mas, todos sabem onde fica a Segurança Social e todos os apoios de rendimentos e mais alguns...
Num país onde as pessoas trabalham 8 horas por dia para ganharem 505 euros. No estrangeiro dizem que quem trabalha 8 horas, deveria ser rico...
Em Portugal enriqueces se fores Deputado, não coloco no feminino porque a outra Classe pode sentir-se ofendida...

Dá vontade de gritar à nossa Classe Política, um ditado da minha avó:

"Nem para esterco servem..."

14 comentários:

Mark disse...

Um post cheio de ideias.

Fartei-me de rir com o muro das lamentações brasileiro (LOL), achei insólito esse mestrado (um mestre em campos de golfe!) e, de certa forma, compreendo a decisão do Reino Unido. Tivéssemos nós, às vezes, a mesma coragem de tomar decisões que nos beneficiariam. Eu sempre defendi restrições RACIONAIS à política de imigração. O país é pequeno e os recursos também.

um abraço.

p.s.: Adorei a anedota. :D

Francisco disse...

Mark,

Hoje sinto-me um verdadeiro IDIOTA

ehehehehehhehehehehhe

Grande Abraço :)

Horatius disse...

Francisco, não culpes a classe política. A culpa não é deles, mas sim de quem vota neles.

Leonel S. disse...

Acho que ninguém pode julgar o UK pela restrição à imigração. São um dos países (se não o país)com mais imigração e que simultaneamente pagam melhor e com maiores regalias sociais.

Francisco disse...

Horatius

E, que os escolheu para as Listas?!

Pois

Francisco disse...

Leonel S

Bem verdade, é o poder da Casa Real

Horatius disse...

Queres implementar em Portugal o sistema tipo italiano?
Têm coisas boas, mas tb têm coisas com as quais discordo profundamente...

Francisco disse...

Horatius,

Quero uma Classe Política digna como Mário Sá Carneiro ou uma Lurdes Pintassilgo :)

Só que os Bons, ninguém valoriza :(

Horatius disse...

Naoirei comentar, porque nem um nem outro São do meu tempo:-P

Francisco disse...

Horatius

:D

João disse...

Entre uns e outros, venha o diabo e escolha! xD

Abraço :3

Francisco disse...

João,

Estamos entregues a bicharada lolololo

Namorado P.S. disse...

Isto em Portugal se não mudar, será mais do mesmo nos próximos tempos. Infelizmente.

A do alentejano está fenomenal LOL

Francisco disse...

Namorado,

Também partilho dos mesmos sentimentos :)