08 abril 2015

A long time ago - Da Vinci "Conquistador"

Portugal também se atirou aos Descobrimentos. O mesmo Problema de emigração, e com a promessa de um mundo melhor. Portugal vai à Madeira e Açores, continua a descer e passa pela costa Africana. Com os Escravos de Angola e do Interior de África, faz nascer o País Cabo Verde. Aqui divide o cruzamento: Uns vão para o Brasil , outros continuam a descer. Portugal exporta mais homens, porque muitos não voltam. Os Portugueses são muito quentes e envolvem-se com as Nativas. Como se conquista um povo?! Pela Paternidade, o Homem manda tudo... Está escrito em todos os Livros Sagrados.

Dizem muitos a brincar: Que portugal está cheio de emigrantes, porque vieram conhecer a Terra do Pai/Avô/Bisavô...

Depois cruzámos o Cabo das Tormentas com Fernão Magalhães a afirmar que a Terra é Redonda lolololol Descobriu-se o Petróleo

Vasco da Gama chega à Índia(Goa) mais Concretamente. Depois passámos por Timor e até mais tarde ajudámos os Chineses, que nos ofereceram Macau. Já devolvemos o que nos foi oferecido. Somos uns mãos largas que agora damos Vistos Durados lolololol Uma mão lava a outra, e as duas lavam o rosto...

Já viram a mistelas de Povos e Religiões que conhecemos.

Na Índia temos as Castas, onde Primos casam para manterem o dinheiro na família. Sempre foi tradição ao longo da História. Primos com Primos. Nos dias de hoje, a coisa mantêm-se. Menos, mas mantêm-se... O dinheiro manda...

6 comentários:

Mark disse...

As castas continuam a existir apenas informalmente, com força social, é verdade, mas proibidas pela Constituição da Índia.

um abraço, amigo. :)

Francisco disse...

Mark,

Será?!

Aqui que ninguém nos ouve, ouvi dizer que em Portugal, dois primos (gajo e gaja indianos) casaram para a fortuna não sair da família

Pois...

Abraço amigo

Mark disse...

Bom, ao que julgo saber, as castas são um sistema de estratificação social, o que, até à luz da Constituição Indiana, é proibido. Claro que se vai mantendo por tradição, como aquela tradição "absurda" - indiana também - da viúva se imolar na pilha funerária do defunto esposo. Estas barbaridades não terminam assim de um dia para o outro. :(

abraço, amigo.

João disse...

Portugal foi e sempre será, provavelmente um país assim, que vive acima das suas capacidades e que gosta de se gabar do passado e etc e tal. O problema é que como tu bem dizes, o passado está nos museus. Temos é de olhar pelo futuro. E do jeito que as coisas estão, ele está bem negro, tanto aqui como em muitas partes por esse mundo fora..

Francisco disse...

Mark

O Povo adora Barbaridades, desde que esteja a assistir a aplaudir lololol Se estiver do outro lado da linha do telefone?! Melhor ainda, mas fica para outro post...

E, quando há sangue e mortes, melhora o espectáculo

Abraço amigo

Francisco disse...

João,

O Problema deste país é que todos querem mandar, todos acham que tem Inteligência Suprema, quando na verdade são uns perfeitos idiotas...

Depois há os que trabalhar, é para os outros, e nunca tivemos tantos ladrões numa só época e com uma Justiça a seu Favor

O que aconteceu nesta altura dos Descobrimentos?!

Portugal deixou de produzir, e o que acontece 500 anos depois?!

Abraço amigo