16 setembro 2019

Não é refugiado

Tanta festa em Lisboa e não há uma Homenagem Digna a este Senhor que emigrou nos anos 70 para o Brasil?! Como ganhou a vida a trabalhar, a cantar e a colocar Portugal na boca dos Brasileiros... 

Se fosse Muçulmano, se fosse Negro ou Cigano já a Cathy e toda a Esquerda já se tinham reunido e ele se ele fosse um Che que matasse Gays.. Ui!!! Panteão com ele... Se fosse ladrão?! Era Presidente da Assembleia da República deste país... 

Quem não jogou ao Bate Pé no secundário?! ejeehehehehehhehe

6 comentários:

J. F. Belfort disse...

Bons tempos esses do bate pé!
Os putos de hoje em dia não imaginam as emoções que vivíamos ao jogar o bate pé! xD

Cidália Ferreira disse...

Tive muita pena, sinceramente. Para mim, todas as homenagens são poucas!

Beijos. Boa noite.

Francisco disse...

João

Nos dias de hoje, são todos prós no envio de nudes e fazem coisas que a nós nem nos lembrava ehehehehehehehhehe

Francisco disse...

Cidália Ferreira

Paz à sua alma :(

Beijinhos

Paulo Roberto Figueiredo Braccini - Bratz disse...

Profundamente lamentável este mundo em que vivemos. Sou otimista e dias virão em que as trevas darão lugar à luz. A história nos mostra isto.

Beijão

Francisco disse...

Paulo Roberto

Vamos ver quando esse dia chega ;)


Beijo