06 junho 2018

"Once upon a time..." - Episódio 594

Miguel chega cansado a casa, depois de um dia stressante no call center... Atira com o casaco para o chão e deixa-se cair sobre o sofá...
Miguel recorda-se da foda que deu com Ethan... Sabe que traiu a amizade do amigo, mas ele nunca sentira uma química tão grande por um gajo
Filipe e Pedro também se afastaram dele... As reuniões começaram a ficar mais escassas...
Frederico só se lembra dele, quando não tem mais ninguém... Mas, obriga-o a ir sempre ter com ele à mata de Queluz...
Sebastião já não lhe responde às mensagens, já faz algum tempo...
Bruno também deixou de o convidar para o que quer que seja... Já Cátia só lhe fala na empresa e é sempre com o objectivo de saber algo mais
Moisés optou por ser amigo de André e afastou-se por completo dele... André, já mudou de carreiro quando se cruzou com ele na mata de Queluz... Miguel sabe que perdeu os seus amigos...
Miguel sorri ao recorda-se de Francisco... Sabe que Francisco é como um pai ou irmão mais velho. Está lá sempre para o poder ajudar. Miguel sabe que lhe deveria ter dado ouvidos, mas naquela altura achava que Francisco era um tonto... Como estava a anos de distância...
Miguel envia uma mensagem a um gajo que conhecera através de Francisco a convida-lo para uma queca em troca de uma pequena ajuda...
Miguel fixa parvo a ler a mensagem: - Miguel! Eu só fodo contigo, quando o Francisco não pode... Eu tenho uma avença mensal com ele... Eu só estou contigo, quando ele me diz que não pode vir ter comigo, porque está a fazer horas extras até mais tarde... Então diz-me para eu te ligar.
Miguel pousa o telemóvel e pensa?! O Francisco faz horas extras?! Este gajo paga uma avença mensal aquele cabrão?! Nah! Eu curto foder com ele, vou contar-lhe a verdade acerca do seu amigo com avença... Pode ser que ele me pague a mim...

Miguel recebe uma mensagem e cai-lhe a ficha quando lê a mensagem que recebeu... "Isso não se faz, achas que alguma vez o trocaria por ti?! Eu conheço-o há mais de 3 anos... Eu só fodo contigo, porque ele me pede... Fica bem... Agradeço que nunca mais me procures..."
Miguel sente que acabou de dar um tiro no pé... 

4 comentários:

Logan disse...

Quando comemos de mais do que um prato ao mesmo tempo ficámos sempre num limbo entre a verdade que supostamente é libertadora ou o segredo, que a uns não pesa e a outros pesa mais do que a solidão que pode advir de contar a verdade... Por muito que cada pessoa seja única, a verdade é que ninguém é insubstituível.

João Fadário-Belfort disse...

O Miguel quis armar-se em espero e lixou-se! :P

Francisco disse...

Logan

Ninguém é insubstituível, mas há pratos que repetes sempre, outro por isso ou uma vez por ano ;)

Francisco disse...

João

Há muito gay que tem a mania que é melhor que o amigo :) depois saem os tiros nos pés :P