05 junho 2018

"Once upon a time..." - Episódio 593

Pedro abre a mensagem, sorri ao ler a mensagem. O remetente é um gajo que outrora enchera-lhe as medidas todas. Naquele tempo, ele teria casado com véu e grinalda (risos)... Nos dias de hoje, apenas respondeu: - Eu contei-te que estou seropositivo
Do outro lado começam a chover mensagens como tais: - Tens local ou deslocas? Quanto tempo? Fotos!!! Estou aqui a teclar com um terceiro, alinha ir a três? etc etc
Pedro já conhece a ladainha, muitos apenas são curiosos em ver a foto de cara  e depois bloqueiam, levanta-se da cama e vai até ao ginásio.... Com sorte, se a queca surgir, será depois a meio da tarde... Pedro recorda-se de uma frase do amigo Francisco
"Aquele que pensa muito antes de dar um passo, passará a vida ao pé coxinho..."

Pedro acaba os exercícios, vai até aos vestiários, antes de ir tomar banho... Repara que apenas tem uma mensagem que diz: - Curtes fistar? ele responde que sim, e depois silêncio ZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZ
Ele pensa nas últimas palavras que disse àquele rapaz há muitos meses atrás: "Tu decidiste, é isso que queres... Só desejo que sejas Feliz, muito feliz...

Pedro chega a casa, e recebe mais algumas mensagens... Agora não posso, terá de ficar para a parte da tarde. Tenho um almoço em família, depois envio-te mensagem, para te fazer um exame à próstata...
Pedro já sabe que esta conversa não irá levar a lado nenhum... Troca mensagem com um negrão que mora na Damaia e combinam um café lá em em casa
"Ele sabe que só é procurado pelo seu corpo sem roupa, mas aquele negrão tem um bom pau e sabe lhe dar uso... 

No final, o negrão dá-lhe uma palmada no rabo e vai-se embora... Pedro recorda se de um outro gajo casado que um dia lhe disse:
- Pena tu seres seropositivo, curtia foder sem preservativo, mas assim não arrisco
Pedro entra na banheira e começa a chorar. Sabe que será difícil alguém lhe dizer:
"Quero-te sem motivos, sem condições, sem prazo de validade, sem idas e sem voltas..."

O primeiro da manhã, volta à carga com mensagens que não levam a lado nenhum, agora é hora de jantar e que a queca terá de ficar para depois...
Pedro pensa: - Eu tenho que aturar esta merda?! O gajo nem sabia beijar e muito menos foder e está armado aos cucos... Pedro limita-se a responder com um: OK! Na boa

Pedro recebe mais uma mensagem, ainda bem que ele usa whatsapp, seria uma fortuna em mensagens. Esta mensagem tirou-lhe um sorriso amarelo: - 23h30 ... Chego, fodemos e bazo, quero-te de joelhos pronto para receberes chapadas, o meu mijo e esporra no final...
"Quem sabe se não nos voltaremos a encontrar, cruzar um com o outro... Mas, seguramente que não no lugar onde me abandonaste, não me voltarás a encontrar..." Pedro recorda-se desta frase num jantar onde Francisco estava presente

Meia noite e meia, Pedro recebe mais uma mensagem... Lê a mensagem, apaga-a, desliga a internet do telemóvel, vira-se para o outro lado e adormece...
A mensagem dizia: - Puta vadia manda a morada, o tempo está a passar... Dasssssssssssssssssssssssssssssssssss

6 comentários:

Cidália Ferreira disse...

Bom dia Ricardo!

Tens que ver o que colocas ou tens no blogue porque, sempre, à primeira vez que abro a caixa das mensagens o blogue passa a uma páginas de cenas de vírus. :) tenho que fechar e abrir a segunda vez.

Gostei do post. :)

Beijo e um excelente dia.

Logan disse...

" como-te a bem ou como-te a mal?"

Não comes... pronto.

Francisco disse...

Bom Dia Cidália Ferreira

Quererás dizer Francisco?! :)

Já fiz de tudo para eliminar este virus, deve estar associado a alguma foto, não as irei apagar a todas :) olha o trabalhão

Desculpa o incómodo

Beijinhos e boa semana

Francisco disse...

Logan

Resumido, foi isso :P

João Fadário-Belfort disse...

Comes de qualquer das maneiras! :P

Francisco disse...

João

Já comi pior e não me engasguei lolololol


ehehehehehehehehehhehehe