06 julho 2016

Carências são Lixadas com um grande F de Francisco

É tramado quando atravessamos um período de carências, isto de, chegar, fazer e bazar... É tudo muito bonito, mas é cantado lolololol

Quando estamos vulneráveis, a precisar de um beijo, de um abraço, de atenção mesmo.... E, nenhum dos nossos "amigos" está disponível para um consolo. Cheguei à conclusão que muitos que dão ajudas nos dias de hoje, no seu passado recente ou distante, também já as receberam... as ditas ajudas (uma mera teoria minha sem qualquer fundamento estatístico).

Enviei algumas mensagens, fiz telefonemas a convidar para me fazerem uma visita. Devem ter notado que eu estava carente, zero visitas... mensagens com um smile :) ou um OK... Nada mais...

Dei por mim, no sofá a pensar em tantos gajos no meu passado, as carências tem destas coisas... o Ruben lá apareceu à história, mas que depressa desapareceu também. Ter pensado, não significa ter enviado qualquer mensagem ou ter dado sinais de vida e de saudades lololololololol Carente, mas não burro SFF (se faz favor)

Ontem, apareceu um gajo do meu passado. O Gajo também cobra (sérias, honradas e virgens imaculadas) e criei mais uma parceria. Com tanta parceria, qualquer dia sou accionista da EDP ou da Galp ahahahhahahaahahahahahah Ou quem sabe da RTP ahahahhahahahahaha

Adiante...

Ele veio cá a casa, o que transpirámos naquele sofá?! Foi a casa toda (to much information)

Hoje, era receber mensagens de tanta disponibilidade, Atirei com 75 euros, para ver se me desamparavam a loja... Enganei-me... Tenho a agenda cheia até ao meio do mês...

Qualquer dia abro uma empresa com descontos e tudo :)

8 comentários:

No Limite do Oceano disse...

Há pessoas que conseguem viver com elas (as carências) outras não.
Há pessoas que precisam de contacto físico, outras fogem dele.
Há pessoas como tu e pessoas como eu e pessoas como nós 2 juntos. Ninguém é igual e talvez estejas a aprender uma lição, que a vida te está a cobrar sem descontos.

:-) :-) :-) (ahhhh atenção coloquei 3 smiles...)

Sphinx disse...

Qualquer dia abres uma empresa de engate :P

Logan disse...

Se o outro também cobra vocês podiam abrir uma sociedade eheh

Francisco disse...

No Limite do Oceano

De facto, cada um é como cada qual :)

Diziam as nós avós, "quem não sente, não é filho...

:D :D :D

eheehheheehehehe

Francisco disse...

Sphinx

De fraque mesmo, cobranças ahahahahhahahahhahahahhahahah

Francisco disse...

Logan

Nunca ouviste dizer que: Meias é para os pés ;)

Mark disse...

Olha, filho, o conselho que te dou é o de que procures tirar carinho dos clientes. Vai na volta, digo eu que nada sei, alguns procuram mais uns mimos do que propriamente o acto.

um abraço.

Francisco disse...

Mark

Pois tem de ser, obrigado pela dica ;)

Grande abraço amigo