08 novembro 2015

Filho do Meio - Sarah Brightman "Moment Of Peace"

Este post pode parecer um pouco, aquele momento de Calimero, ou do tadinho de mim (com beicinho)...

De facto, nós os filhos, filhas do meio somos os eternos incompreendidos, primeiro pelos familiares e depois pelos amigos. Creio que só somos entendidos pelos filhos/filhas do mesmo, sabem exactamente do que falamos e do que sentimos....

Nascemos em segundo lugar, não fomos aquele primeiro filho desejado, aquele primeiro sobrinho ou neto a aparecer na família. Tivemos a atenção da família até ao dia em que nasceu aquele/a que seria o novo centro de atenção da família e que nos iria "roubar" a atenção e "atirar" connosco para um desenrasca-te. Todos estão com os olhos no novo benjamim/caga no ninho e outros adjectivos...

Nós os filhos do meio, deparamos-nos com uma nova realidade. O mais velho não faz nada, porque é o mais velho. O mais novo não faz, porque é o pequenino. Logo quem se lixa é o mexilhão, ou seja, o filho do meio...

Crescemos com a comparação do irmão mais velho. Nós podemos fazer tudo bem, mas o mais velho fará sempre melhor e será sempre o mais responsável. Quando fazemos porcaria (estamos a aprender esta nova escola da vida), somos penalizados, porque só o mais novo é que que pode falhar. Nós já não temos desculpas.

Quando começamos a socializar, somos "cruxificados" pelo irmão mais velho. Afinal, ele/ela só poderá sair de casa, se nos levar. Somos imaturos e putos para estar com os amigos/as dos irmão mais velho. Anos depois, o irmão mais velho irá levar o irmão mais novo com aquele orgulho, quando andar atrás da primeira rapariga. Ele já é um homem e até toma conta do mano mais novo. Com elas, o mano mais novo vai ser protegido pelo gajo que a quiser conhecer. Quanto a nós irmãos do meio?! Seremos sempre aquele impecilho e que só servimos para "esconder" as manhas do/ irmão/a mais velho/a.

Lá vamos crescendo com um empurrão daqui, e outros dali. Lá vamos formando a nossa opinião e ideias. Nunca somos levados a sério, porque nunca fomos o "Cabeça de Casal"... A Palavra será sempre do mais velho (o sabichão) ou então do mais novo (sangue novo). Nós os filhos do meio, já conhecemos a ladainha, porque afinal os nossos amigos, colegas são filhos primogénitos ou os mais novos. Juntem dois filhos do meio e vejam qual a melhor combinação?! Ambos se entendem na perfeição...

Nos dias de hoje, por vezes tenho de dizer: "Eu acho que percebo um pouco do que estou a dizer...". Verdade! tenho avaliações acima dos 90% e o que me dá mais prazer é ouvir nas chamadas, alguém que me diz: "Finalmente falo com alguém que me sabe esclarecer correctamente..."

Mas seja a nível particular ou profissional, já me cansa dar a minha opinião e do outro lado ouvir:

- Não é nada disso!!!! Isso é...

Às vezes pergunto-me: - Porque abri a boca. Já sei a resposta e "sem bola de cristal"

Muitas pessoas escrevem reclamações sem se identificarem e acham que eu tenho uma bola de cristal para descobrir quem é o cliente e pior é descobrir o que eles reclamam lollolololol Tantas vezes que eu envio um email de resposta a solicitar o NIF, o número de contribuinte. Tanta gente que acha que são dois números. Não sei como fazem no site das finanças, isso agora não interessa nada. Ou peço o nº de cliente...

Tantos que me questionam para além do que isso é, pior é quando questionam para que efeitos?

Eu tentar saber quem é que me enviou este email fantástico?! Pode ser?!

Mas olhando à conjuntura actual deste país. Que referências existem para os jovens ou pessoas?! É tudo lavagens de dinheiro, corrupção e ladroagem. E ser famoso por 5 minutos...

6 comentários:

No Limite do Oceano disse...

Eu sou o irmão mais novo :-p

Fizeste aí uma ponte que não consegui a entender, quando dei por mim já estava a ler sobre bolas de cristal :-p

Francisco disse...

No Limite do Oceano,

Que os filhos do meio nunca são entendidos lololololololollolol

Mikel Shiraha disse...

Bem no meu caso nunca houve filhos do meio. Era eu e o meu irmão. E em relação ao filho mais velho ser o mais desejado, etc, no meu caso foi exactamente o contrário. O meu irmão é que foi o filho desejado. :P

Francisco disse...

Mikel S

O primeiro filho é aquele que marca sempre a mulher :D

N a m o r a d o disse...

És o irmão do meio? Eu sou o mais velho.

Francisco disse...

Namorado

Yep, um dos lololololololololol :P