22 dezembro 2014

Vida Própria - Leandro "Que mal te fiz eu (diz-me)"

Andava eu nas compras de Natal, de loja em loja... É o que dá ter sobrinhos/as

Fiquei a saber por uma cunhada, que fui eleito o "Padrinho do Ano", aquele que dá as prendas mais originais ao afilhado. E, que para o ano, alguém irá me convidar para ser padrinho, creio que irei ganhar uma afilhada :)

O que vale, é conhecer outros gajos, que também são padrinhos e que dão ideias super originais. Partilha de sofá e não só...

"Viver e Aprender..."

Como dizia eu, andava pelas lojas de um centro comercial, quando oiço: Francisco! Há quanto tempo?! Olha que ainda contínuo zangado contigo...

A alminha falava, destes anos todos. Das brigas de A com B. C que zangou-se com D e foi para a cama com E etc etc

Depois a puta, é aqui o je... Move on...

Falou, falou, falou e continuou a falar e a relatar factos com mais de quatro, cinco anos. Lavou roupa, como aquela zanga de primos que destruíram um bom nome. Zangaram-se as comadres, e lá diz o povo: Vamos ver as verdades que ainda irão aparecer...

Continuava a papaguear, e nunca dizia porque estava zangado com a minha pessoa...

Calma Francisco! Deixa-me desabafar acerca daquelas bichas... E, lá continuava a falar... Até que disse:

"Continuas todo giraço, temos de combinar um café. Mas, continuo chateado contigo..."

Despedimos-nos com um aperto de trocámos contacto... Ups?!

"Francisco! Tens um número novo?!"

Entro no metro a pensar como é que alguém não tem vida própria, sento-me e começo a pensar no tempo em que não falava com a criatura. Começo associar nomes, situações, ando para trás no tempo. Bem, ele é amigo João. João que é amigo do Gabriel, logo é de 2010. Também falou da Helena, então é de 2007. Disse que a Helena zangou-se com a Carmo. Logo estamos em 2003. A Carmo apresentou-me o Manuel e eu apaixonei-me pelo ex-namorado. O Jorge. Isto foi em 2001. O Jorge foi um namorado do Miguel, um gajo com quem dei uma queca e que tinha uns fetiches assim para o estranho. Estávamos em 2000. Um Grande amigo do Miguel, era o Filipe que está uma lástima(viu-o há pouco tempo no bairro). Ainda me veio chatear a cabeça:: Tive que o colocar no lugar: "Quem te comeu a carne, que te roa os ossos..."

Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh!! O Jovem é amigo do médico/enfermeiro(estou na dúvida neste momento) que me foi visitar ao hospital, quando tive um acidente de carro. O quê?! Ele disse que ainda não tinha acabado o curso... Tantos anos depois?!

Não sei se será esta a história da minha vida:

Há muitos anos, tive um acidente de carro. Fiquei internado e fui operado. Num dia de visitas, a minha mãe quando foi visitar o filho ao hospital. Estava eu no jardim, numa cadeira de rodas com esse meu amigo. Ele levou-me a passear e a ver o sol. Eu estava todo engessado. De facto olhando para trás, tenho algumas histórias de amor giras e engraçadas. Não soube aproveitar naquela altura. Hoje são apenas boas recordações.

10 comentários:

Ricardo Costa disse...

Isto dava uma boa comédia romântica para ver agora no natal :)

Margarida disse...

mas esta história é uma mina :D
fantástica a tua vida, apesar dos revezes.
feliz natal e mais uma sobrinha, tio babado :))
bjs.

Francisco disse...

Ricardo Costa

Achas?! Olha a novela da SIC ou da TVI ao pé disto eheheheheheheh

Francisco disse...

Margarida,

Sou um livro aberto, mas ao mesmo tempo uma caixinha de surpresas ;)

Vamos ver, a surpresa para o ano :)

Feliz Natal

Beijinhos

Horatius disse...

Olha, perdi-me no meio dessa história toda... E quais são as prendas fantásticas que andam aí pelo meio? É que também preciso de ideias xD

Francisco disse...

Horatius,

Precisas de um mapa?! lolololol

Tu é que adivinhas as prendas para todos nós, não precisas de ajudas lolol

:P

Horatius disse...

Só livros, Francisco. Mas estar sempre a dar livros a uma criança, não está com nada... xD

Francisco disse...

Horatius,

Vá eu desvendo um pouco o véu:

Costumo ir ao Corte Inglés, Campo Pequeno, Imaginarum :) e tb costumo ir às Amoreiras. Depois é passar no Continente e Jumbo e verás as coisas baratas que podes comprar e fazer as delícias de uma criança ;)

Abraço e Bom Natal

Horatius disse...

Não há nem El corte Ingles nem Jumbo aqui no campo...
Contudo, numa entrevista a um senhor que fazia de Pai Natal, ele dizia que os adultos dão brinquedos às crianças de que eles próprios gostam, mais que as próprias crianças. Estas preferem coisas muito simples...

(este português ficou uma valente caca, mas acho que percebeste xD)

Francisco disse...

Horatius,

Oferece um coelho, um pato, :)

Sê original?!

Se tiveres espaço, compra um cavalo :D