28 junho 2014

ZOO Recordações - Troia - "Remember me"

Estava eu a sair do metro, quando de repente oiço: "Francisco?!"

Era um Gajo envelhecido, cabelos brancos, a dentição já estava gasta pelo tabaco, os dedos amarelos também devido ao tabaco, grandes entradas no cabelo, para não dizer quase careca...

Parei, e pensei para comigo: Quem é esta personagem, que sabe o meu nome. Nunca o vi mais gordo ou magro...

Lá se identificou como sendo o "João". LOLOLOLOLOL Fiquei na mesma. Alguém que me conhecera em Belém nos anos 90. Que me tinha trocado por um outro gajo e que ficou com ele durante anos.

Diria a minha avó: "Só estragam uma casa..."

o metro dá sinal que está a chegar, estávamos parados no meio da escadaria. Ele despede-se e pede-me o meu contacto para um café.

LOLOLOLOLOLOLOLOLOL

Hesitei e dei-lhe o número errado, ele entra no metro e diz: "Depois ligo-te"

Acenei como se tivesse imenso interesse...

10 comentários:

Horatius disse...

Francisco, tenho a dizer que ADOREI essa coisa de dares o nr errado de telemóvel xD

Francisco disse...

Horatius,

Cheira-me que já fizeste o mesmo ;)

Abraço

Lilá(s) disse...

Um bom truque...
Bjs

Francisco disse...

Lilá(s)

;)

Beijinhos

João disse...

É caso para dizer:

"E esta, hein?" xD

Abraço :3

Francisco disse...

João,

O tempo muda muita coisa e as nossas formas de pensar e agir também

Abraço :3

Anónimo disse...

acho errado o que fizeste....terias dado o nº certo e depois no decurso do café terias dito aquilo que pensas dele para que a coisa morresse ali mesmo
no segundo cenário a não quereres mm falar-lhe e transmitires que não o gramas simplesmente tinhas de forma assertiva dito que ele perdera a oportunidade e q não te interessava retomar contacto
acho que a opção do número errado só irá permitir que o tipo te considere desonesto/pouco sério coisa que me parece ser o que não querias ;(

Francisco disse...

Anónimo,

Pouco me importa o que o rapaz pense de mim...

Mudam-se os tempos, mudam-se as vontades e eu não sou perfeito

Também seria simpático colocares um nome. Fico na dúvida se envio um abraço ou beijos

Mark disse...

Também não daria o número errado. Se não querias dar, dizias. Não havia necessidade de usar esse esquema ardiloso. Quiseste "despachar" a situação, eu entendo, mas eu procederia do modo que referi.

um abraço!

Francisco disse...

Mark,

Não me apetece ir beber café com alguém e começar a conversa com:

Diz-me lá o que fizeste nestes últimos 20 anos lololololololololo

Tb dizer que não havia interesse a alguém que fez uma festa, quando nos vê. Não seria simpático da minha parte

Ele que pense o que quiser, dá-me igual

Abraço amigo