01 junho 2014

Dia da Criança - Liliane Marise "Já Não Sou Bebé"

Hoje é o nosso dia :)

Quando somos jovens, queremos ser adultos. Quando somos adultos, queremos voltar a ser mais novos. Somos uns Eternos Insatisfeitos...

Só que o Planeta roda, a noite dá lugar ao dia... E a Idade passa. Existem duas opções: Aproveitas o momento, ou vives em "Se": Se isto, se aquilo, se eu pudesse voltar atrás, quem me dera ter uns quantos anos a menos...

Hoje lembrei-me da minha professora da primária, que um dia disse:

"Todos vós ireis crescer, ter as vossas vidas. Nunca se esqueçam da carteira onde aprenderam a ler e a escrever..."

Quando estamos a crescer, temos tantos amigos. Por vezes lembro-me daquele/a amigo/a que nunca mais o/a vi...

Às vezes bate uma Saudade :D

Muita gente fala em Amizades. Todos nós temos amigos(uns mais, outros menos). Quanto a mim, não me posso queixar, apesar de o fazer por vezes, e depois recordo-me da minha avó: "Francisco! Tu falas de barriga cheia..."
Aprendemos que um Café não mata, nem tão pouco compromete...

Só que às vezes para conseguires beber um café com um amigo, quase tens que fazer uma Requisição Oficial :D

Mudam as Idades, mudam as Mentalidades...

10 comentários:

Miguel R disse...

Só te digo Francisquinho, idade não é documento. pro bom e pro mau xD

Namorado P.S. disse...

Pois Francisco, os amigos por vezes têm atitudes que não se percebem... e sim, parece que para beber uma porcaria de um café, temos que ter uma autorização papal.

Isso são smurfs? LOL

Francisco disse...

Miguel,

Às vezes a PDI(puta da idade) não ajuda lololololo :P

Francisco disse...

Namorado,

Yep ;)

Mark disse...

Eu já tive mais saudades da infância. Propriamente dita, acho uma chatice. Não há qualquer independência. Temos de deitar à hora que nos mandam, ir para onde nos mandam. Enfim. Creio que as saudades começarão a existir quanto a estes anos, à juventude.

Francisco disse...

Mark,

É tão bom vivermos na ignorância e que vivemos no Mundo Perfeito...

;)

Margarida disse...

do tempo da meninice, eu gostava das brincadeiras, de não ter responsabilidade, de brincar; eu, apesar de ser tudo, de viver longe da cidade, de caminhar até à camioneta de manhã cedo e à noite, vivi muito bem a minha infância. brinquei qb, muito mais com os rapazes do que com as raparigas, nas férias ia para a aldeia. posso dizer que fui feliz até aos 11 anos. depois, a avó adoeceu e cresci à força.
quanto aos amigos, só tenho saudades de uma amiga que perdi na segunda classe. ela foi para outra escola - os pais mudaram-se - e nunca mais a vi. era a minha melhor amiga. amigos de infância nenhum resta. e é estranho regressar à cidade e dar de caras com colegas que crescerem connosco na primária e no ciclo (era normal irmos para a mesma turma) e agora nada nos dizem...
bom dia da criança.
bjs.

Francisco disse...

Margarida

Verdade! Ainda tenho amigos com mais de 35 anos de amizade

Cresceram no mesmo bairro/rua que eu :)

Beijinhos

Anselmo Cardoso disse...

Quem nao tem amigos desde pequenos?!
O meu grande amigo/paixoneta conhecemos-nos desde os 10 anos.

Crianças? Seremos internamente como elas, mas com mais juízo.

Café, tem que ser mais bíblia para ir beber um.

Francisco disse...

Anselmo Cardoso

A minha amizade mais antiga, tem 39 anos e é casado, pai de dois miudos lololololololololol