03 março 2014

Custa tanto - Martinho Da Vila "Canta Canta Minha Gente"

Há dias em que só tenho vontade de questionar as pessoas: "Amigo/a! Tu pensas?"

Eu sei que todos os dias somos Bombardeados com Marketing e Publicidade. Vendem-se tudo, quer seja pelo telefone, numa loja ou porta à porta. Em todos os lados, há pessoas competentes e outras nem por isso. Não me cabe a mim, falar do mau profissionalismo de ninguém. Também há dias em que não estamos nos nossos dias, e podemos não transmitir a informação correctamente ou a pessoa não a ter percebido correctamente. Na escola, eu aprendi: "Não percebi. Não se importa de repetir outra vez. Por Favor..."

Nestes últimos anos, já fiz tantas campanhas, que posso quase afirmar que já devo ter falado com uma grande parte da população nacional. A Educação essa, é cada vez mais escassa. Claro que existem pessoas simpáticas e educadas. São essas que por vezes "salvam" o dia.

Nos dias de Hoje, todos nós ou a grande maioria das pessoas, já percebeu que as Multinacionais fazem Fusões e recorrem aos Call Centers para redução de custos com o pessoal. Uma Multinacional tem dinheiro para pagar Milhões em Prémios, como tem milhões para colocar todos os trabalhadores na rua de um dia para o outro.

Todos nós sabemos que Concorrência em Portugal, não existe. Existem é Monopólios controlados sempre pelos mesmos. Também são sempre os mesmos a pagar a factura no final... Qual é a dúvida?!

Se vos contactarem a oferecer alguma coisa: Já dizia a minha avó "Quando a esmola é grande, o pobre desconfia" ou "Não há almoços grátis".

De facto ninguém dá nada a ninguém. Mas, se houver uma oferta. O melhor é analisarem a concorrência. Se estão a ser contactados, é para continuarem "fidelizados" mesmo sem contrato de fidelização. É uma oferta anual, dizem alguns...

Agora não digam que vão à Loja, à Internet, falar com o namorado ou marido(Onde está a vossa capacidade de decisão?). Pensem rápido, reformulem e se for bom para vós, aceitem. Em 89% das vezes a chamada está a ser gravada. E, serve de prova para o assistente e também para o cliente.

Como tenho contrato de confidencialidade, não posso expor muita coisa. A semana passada estive a fazer uma campanha, onde o objectivo era levar o cliente a aderir a uma nova oferta com um desconto imediato de sensivelmente de 4 euros/mês. São 50 euros de poupança no final do ano. E, o cliente tinha a hipótese de aderir a mais 4 serviços completamente gratuitos...

Contactei uma média de 80 pessoas por dia. Taxa de adesão em média de 8 a dez pessoas por dia. Pois é... A taxa deveria ser de 90%. Só os mais velhinhos que estão em Lares é que podem não ver interesse na campanha.

Principais recusas:

A) Tenho que falar com o meu Marido/Namorado;
B) Não atendo números confidenciais(Atendeu e não ouviu);
C) Não faço adesão pelo telefone(A Empresa fez publicidade nas Lojas e através de sms, e a taxa de adesão foi abaixo dos 5%)
D) Liga-me e não sabe com quem quer falar?! (Infelizmente, a Empresa enviou a Base de dados actualizada, segundo eles)
E) Pode ligar para a semana?! (Infelizmente não, a campanha acaba às 22h) Terminou na sexta-feira passada
F) Outras mais hilariantes, como os maridos a pensarem que eu era o amante da mulher. Olhem lá a sorte do mulherio. Só Sorte lololololololol

Quando recebi à pouco os resultados da Campanha. Pensei para comigo: - Como é Possível?!

Quantos de vós, já recebeu um contacto do vosso banco a oferecer um Cartão de Crédito?!

Pois é! Eu tenho mais vendas diárias de Cartões de Crédito por dia, do que vendas deste produto. Tirem as vossas conclusões.

12 comentários:

João disse...

Pois é, é a realidade. Fiz campanhas semelhantes a essas, com taxas baixas. Mas a verdade é que até eu tenho medo de aderir pelo telefone porque conheço as técnicas de divergência à palavra fidelização. E damos por nós, o "serviço exclusivo para nós com garantia que o preço não aumento durante 24 meses" é uma fidelização. Acho que o maior receio é esse, estar obrigado ao pagamente durante tanto tempo, nos tempos que correm.

Pérola disse...

A mimnunca nunca me oferecem nada.

Só seguros e coisas a pagar.

Passo.

Estou a reduzir despesas e não tenho como pagar- nunca ouviste esta?

É a mais sincera possível.


beijinhos

Anónimo disse...

Convidaste-me para tomar café a tua casa para me tentares "vender" alguma coisa Francisco Manuel?!?! :P

Sempre que me tentam vender cartões de crédito digo que estou desempregado, ou sou estudante!

Tenho cartão de crédito do meu banco, somente para compras online.

Será que já me vendeste alguma coisa? Ou pelo menos tentaste?!?! LOL

Já apanhei vendedores que se pudessem, vendiam a própria mãe!

R.

Margarida disse...

tu não me ligaste! :p
boa semana.
bjs.

Namorado P.S. disse...

Sabes Francisco, as pessoas também já estão fartas de campanhas e de descontos, e de prémios e de essas coisas todas. É claro que quando atendemos as chamadas queremos é despachar a "coisa". Por norma, nos últimos tempos não atendo número privados. E de um call center da zona centro, do cartão barclays, também não. Principalmente porque acho que fazem um marketing agressivo. Mas é como tu dizes, todos nós temos capacidade de decidir e acima de tudo ser educado.

Francisco disse...

João,

Tens toda a razão. Neste caso a empresa enviou um SMS uma semana antes, fez publicidade da mesma no site da empresa lololololol

Basta imprimires ou guardares o SMS

Faz prova em Tribunal ou na Entidade Reguladora. Se tiveres um amigo Jornalista, lolol tanto melhor

Abraço e obrigado pela visita

Francisco disse...

Pérola,

Sim! Também dou desculpa iguais lololol

Beijinhos

Francisco disse...

R,

Não vendo nada amigo. Apenas me limito a ligar para os numeros que aparecem na Base de Dados. lololol

Cuidado com as janelas que abres na Internet lololololol

Prefiro dizer que tenho problemas Bancários ou que sou menor lolololol

;)

São de Borla

Abraço amigo

Francisco disse...

Margarida,

Não vives a Norte do tejo e mais não digo :D

Beijinhos

Francisco disse...

Namorado,

Fiquei a saber que em Lisboa existem mais de 10 Call Centers...

O Barclaycard tem uma publicidade mesmo agressiva, é no hotmail, é nos centros comerciais, é por telefone.

Mas se existe tanta publicidade! É porque há procura, direi eu...

Abraço amigo

Anselmo Cardoso disse...

Barclaycard volta e meia liga-me a dizer que ah descontos, ofertas...blabla.
adoro é a parte que perguntam se a minha morada ainda é na figueira da foz. digo que não, que ja mudei de casa e chapéu ja nao me chateiam, mas sou sempre educado.

:)

Francisco disse...

Anselmo Cardoso,

São uns melgas nos Centros Comerciais, mas respeito porque é o trabalho deles. Estou sempre com problemas bancários lolololol

Abraço amigo